Look do dia: t-shirt étnica

Curto muito a tendência étnica que está super em alta nesse verão. Não é só uma tribo que está na moda, dando mais possibilidades de variar o visual de acordo com as preferências. Tenho essa t-shirt com estampa apache desde o inverno. Na verdade ela é feminina, mas como me serviu, acabei pegando.

O look de hoje não era pra ser usado com essa calça. Tinha outra, verde, separada. Mas quando vesti, vi que tinha uma parte descosturada. Precisei trocar. Então, optei por um jeans destroyed que tenho há muito tempo, criando um contraste entre o étnico e o estilo rocker. Nos pés, o bom e velho Converse azul, quase um neutro pra mim.

Os óculos de sol são semi-espelhados, da Absurda. Adoro armação, que imita madeira, mas na verdade é de acetato. Mesmo que pareça pesado, ele é super leve. Dão um efeito super bacana ao visual.

Beijo!

GAB_2140GAB_2147Look: t-shirt Espaço Fashion, calça Osmoze, tênis Converse, óculos de sol Absurda

Fotos: Bibi Bazzo

Anúncios

Vá de escadas

Lembra da última vez que tu trocou o elevador pelas escadas? Convenhamos, é muito mais prático apertar um botão para subir do que fazer um baita esforço, né? Eu, particularmente, tenho preferido a forma tradicional. Força nas pernas e lá vou eu subindo e descendo. Aqui no jornal onde eu trabalho, o prédio é cheio de escadas. Nunca contei os degraus, mas como trabalho no terceiro andar e subo e desço várias vezes por dia, devo fazer um esforço considerável.

Puxei o assunto porque hoje recebi no meu e-mail um artigo do ortopedista Fabio Ferraz do Amaral Ravaglia, falando sobre as vantagens de se “exercitar” na escada. Ele idealizou a campanha Projeto Cidadania – Desafio Degraus, uma novidade exclusiva do IOS, com o objetivo de incentivar as pessoas a ir pelas escadas. Trata-se de uma campanha de conscientização para a necessidade de atividade física.

Ele fala sobre as vantagens: “Subir escada revelou-se uma atividade física tão importante que é considerada como treinamento para outras práticas esportivas ou já está sendo tratada como um esporte em si. Excelente opção para treinamentos cruzados, que buscam alternativas a fim de desenvolver as potencialidades do atleta, é adotada por remadores, nadadores, ciclistas, esquiadores, futebolistas, tenistas e corredores, que podem encontrar em escadas um treinamento muito útil para a melhoria do condicionamento físico específico para sua modalidade esportiva. Atletas que correm em escadas desenvolvem as coxas das pernas e fortalecem os joelhos e precisam ter paciência, garra e força muscular para completar a prova no menor tempo possível. Maratonas verticais, corridas em escadas e outras provas e campeonatos estão tornando-se comum fora do Brasil.

Por ser mais cansativo, subir escadas é um intenso exercício físico e requer menos tempo de treino para obter resultados semelhantes. Para se ter uma noção, subir escadas 15 minutos por dia é semelhante a correr 30 minutos por dia. Quem ainda não está acostumado pode sentir-se cansado já nos primeiros degraus. A recomendação é ir aos poucos e não forçar demais. Aumente gradativamente a quantidade de degraus. Comece subindo um ou dois andares apenas e tome o elevador até o andar que deseja chegar e, dia a dia, vá aumentando a quantidade de degraus superados. Para subir um andar ou descer dois, utilizar a escada pode ser mais rápido do que esperar o elevador.”

Sabia que o gasto de energia ao ir pela escada chega a ser sete vezes maior do que usar o elevador e entre oito a nove vezes mais do que ficar sentado sem fazer nada? As pontuações são altas, bem acima de exercícios físicos, como o trote ou a natação vigorosa, portanto, com uma significativa queima de calorias. Subir escadas queima cerca de duas vezes mais calorias do que diversas outras atividades físicas e esportivas. Ir pela escada ajuda a reduzir medidas. A melhor estratégia para perder peso é avançar apenas um degrau de cada vez. Subir de dois em dois degraus não significa que terá o mesmo resultado do que subir degrau por degrau. Subir um degrau queima cerca de 0,17 caloria e descer, perto de 0,05.

E ai, que tal incluir a subida de escadas no teu #ProjetoVerão ou #ProjetoSaúde?

Beijo!

Vá de escadas

 

Sonzinho: Smallpools

Há dias não publico um sonzinho por aqui. Hoje de manhã por acaso meu Ipod tocou Dreaming, do Smallpools. Tenho a versão original e essa, mixada por Magic Man. Prefiro o mix, por ser mais animadinha. A banda indie é bem novinha. Se não me engano, surgiu esse ano. Tem quatro integrantes e está se saindo super bem. O som é comparável ao de Foster The People, na minha opinião.

Beijo.

Smallpools Dreaming

Doses de Clarice Lispector

De 1959 a 1961, Clarice Lispector assinou, sob o pseudônimo de Helen Palmer, uma coluna feminina para o jornal Correio da Manhã, do Rio de Janeiro. Nada muito filosófico, ela falava sobre fatos da vida, como a moda, beleza, e outros temas do estilo de vida da mulher moderna para a época. Anos depois esses textos foram reencontrados e, num acerto, a equipe do Fantástico os deu vida na interpretação de várias artistas.

São toques como: “O grande perigo é achar que a moda é como a lei, que você deve obedecer.”, “Andem na moda, claro! Adotem penteados, pinturas, adereços modernos! Mas modernizem, antes de qualquer coisa, a sua mentalidade!”, e “Raciocinem, estudem a si próprias, em detalhes, lembrem-se de o que fica bem a uma Elizabeth Taylor, miúda e frágil, ficaria ridículo em Sophia Loren. No entanto, ambas são lindíssimas.”

Clarice, musa das meninas no Facebook, que proliferam suas frases e lhe conferem a autoria de outras nunca escritas por ela, ganhou algo à altura de seu talento no programa dominical. O quadro é interessante e prende a atenção. Além de que, se pararmos para refletir, esses “problemas” de décadas passadas, essas “frescuras”, continuam as mesmas, né?

Não consigo compartilhar aqui os vídeos. Então, pra conferir, clique nesse link e veja todos os episódios que já foram ao ar. É muito interessante.

Beijos!

Clarice Lispector

Em série: Girls, terceira temporada

Série queridinha do pessoal da moda e ganhadora de diversos prêmios, Girls (HBO), terá sua terceira temporada em 12 de janeiro exibida nos EUA. Mas a ansiedade pra voltar a acompanhar a vida das quatro amigas nova iorquinas anti-Sex and the City, começa desde já.

Sexta-feira, Lena Dunham, autora e atriz protagonista da série publicou nas redes sociais um teaser com alguns momentos da temporada. A vida das quatro continua um perrengue e, provavelmente, será assim durante toda a season 3. O vídeo já teve mais de 1,5 mi de visualizações, para ver como os fãs são fieis.

P.S: achei os figurinos dessa temporada bem mais interessantes do que os das duas anteriores. Achei cada um mais característico da personalidade de cada personagem.

Beijos.

Girls season 3

Da dieta do algodão à falta de tempo – um dia infernal

Sim, hoje o dia está infernal. Não só pelo calor, que começou forte de manhã cedo, mas também pelo monte de coisas que preciso dar conta. Segunda-feira é sempre assim, mas custo a me acostumar. Poderia postar aqui um vídeo, mas não acho ele no Youtube. Poderia postar o sonzinho do dia, caso eu tivesse um. Daria até pra pôr uma sugestão de calçado, não fosse meu celular estar se negando a enviar fotos e postar algo no WordPress. Além disso, estou com horrores de trabalho atrasado.

Por isso, usarei esse breve intervalo que tive por aqui, pra postar sobre uma dieta bizarra sobre a qual li no sábado. Bria Murphy, filha do ator Eddie Murphy, contou nas redes sociais ter visto modelos se alimentarem de algodão molhados no suco de laranja. Elas faziam isso para comer poucos alimentos com valor nutricional e ficarem saciadas. Bastou isso para a nova e revolucionária ideia (só que não), virar mania. Várias meninas começaram a fazer o mesmo.

Alguns vídeos mostravam no Youtube com detalhes como fazer o consumo. Aos poucos eles foram deletados. Especialistas se preocupam com a dieta, que dizem ser “muito perigosa”. O risco maior é para quem ingere algodão sintético, feito de fibras de poliéster descoloridas. Elas contém produtos químicos.

Segundo, Brandi Koskie: “Sua roupa é feita de poliéster. Então, comer chumaços de algodão sintético é como colocar uma camisa em suco de laranja e a comer. Nada se aproveita disso, absolutamente nada.” Daí, no meio da minha tentativa de retomar meu plano alimentar e tentando controlar ao máximo o que como, me pergunto: o que leva uma pessoa a comer algodão? Vá tomar dois litros de chá verde bem amargo todos os dias, tipo eu, fia. E arruma um tanque de roupas pra lavar, porque tá fazendo falta.

Beijos!

Dieta do algodão

Vi e curti: rock chic

Essa temporada as camisetas de banda viraram febre. Essa moda vem junto com o retorno do grunge às passarelas (alô, Saint Laurent!). Eu curto muito esse tipo de t-shirt, mas acho errado as pessoas que não sabem sequer uma música do grupo que estampa a peça, desfilando com elas por ai.
Uma solução pra quem curte o estilo, são as camisetas com estilo rock, mas menos óbvio. Esse exemplo da Espaço Fashion é um exemplo disso. O visual é super street, mas não representa banda nenhuma. O cinza mescla dá o mesmo toque roqueiro ao estilo.
Combine com uma saia jeans, outro forte símbolo visual do rock feminino e pronto! Pra dar um toque de luxo, acrescente brilho em colares e cintos.
Visual roqueira chique super fácil.
Peças: t-shirt Espaço Fashion, saia e cinto Shop 126, todos na JI Boutique.
Beijos!

20131123-102756.jpg