Minha dieta, minha meta e a minha saúde – by Douglas Petry

Eu nunca fui uma pessoa magra. Bem pelo contrário. Aos 15 anos cheguei ao auge do peso (não lembro quanto) e resolvi emagrecer. Aos 18, tinha um corpo que gostava. Nada sobrando, nem faltando. Mas com o tempo, fui perdendo certos hábitos que tinha, como o de ter uma dieta equilibrada. Em 2010 tive um lapso e resolvi voltar a me cuidar. Como tinha dois empregos, passei pelo ápice de comer fast food todos os dias e engordar muito. Quando equilibrei a vida, equilibrei a alimentação e voltei a fazer exercícios. Mas a rotina durou pouco.

Trabalho no jornal há quase um ano e meio e passei a ter uma rotina desregrada: saio tarde da redação, não tenho muito tempo pra me exercitar e sem uma rotina que me permitisse seguir uma dieta. Além disso, sou daquele tipo de pessoa que come quando está nervosa. E com um caderno semanal e um mensal, eu quase surto a cada fechamento. Ou seja: como horrores toda semana.

Há quase dois meses, decidi que emagreceria. O motivo era para caber numa camisa que comprei pela internet. Atingi a meta e fiquei feliz. Decidi continuar. Outro motivo foi quando comecei a comprar roupas cada vez maiores, porque as minhas não serviam mais. Me sentia frustrado ao extremo.

Não digo que faço uma dieta exemplar. Mas controlo o que como. Evito carboidratos depois das 18 horas, o que já faz uma grande diferença. Durante o dia, como duas frutas: uma no meio da manhã e outra à tarde – elas saciam a minha vontade de comer doces. Não me privo de muita coisa, mas me exercito pra compensar. Há uns dias dei uma olhada no livro “Eu não consigo Emagrecer”, de Pierre Dukan e gostei muito. Ele diz justamente para a pessoa não se privar de muita coisa, apenas ter uma dieta equilibrada e praticar exercícios.

CaminhadaEu caminho uma hora, uma hora e meia todos os dias, num ritmo fora do habitual (e fico louco com gente que anda por ai de roupa de ginástica, quase se arrastando na calçada). Depois, chego em casa e faço a tortura, o circuito: abdominais, exercício de braços e de pernas (o infame agachamento). São 30 repetições, que no começo me faziam sofrer, mas que já me adaptei, e estou pensando em aumentar a carga.

O resultado veio (de novo) e emagreci um bom tanto. Me medi e perdi 4 centímetros de cintura em uma semana. Camisetas que não serviam mais voltaram a entrar. E agora só falta perder um pouco mais, para as calças entrarem (não estou nem perto da minha meta, que é voltar para as skinny 40). Já me sinto bem melhor. Até fotos pro Instagram já estou tirando numa boa.

euComo isso não é (e nem deve ser) um projeto verão, mas um projeto para a vida, algumas dicas são super válidas. Resgatei lá do tempo que consultava uma nutricionista:

Pra começar bem o seu programa de emagrecimento, crie regras a serem respeitadas, estabelecendo horários e um local tranqüilo para fazer suas refeições;

Procure fazer todas as refeições do dia, e alimente-se a cada 3 horas. Ficar longos períodos sem comer aumentará a sua fome, e você acabará exagerando na próxima vez que se alimentar; 

• Beba bastante líquido, principalmente água, sucos naturais e chás. 

Deixe a mesa do café da manhã pronta no dia anterior. Isso evita que você pule essa refeição por falta de tempo. Consuma alguma fonte de carboidrato, mas opte sempre pelo integral, pois aumenta a sensação de saciedade e contribui com uma dose extra de fibras. Consuma um alimento fonte de cálcio, pode ser leite desnatado, iogurte desnatado, ricota, queijo cottage ou queijo branco e inclua sempre uma fruta (mamão, melão, morango, manga ou banana). Evite consumir embutidos pela manhã, como peito de peru ou presunto. Esses alimentos são ricos em sódio, substância que causa retenção de líquidos e dá a sensação de inchaço.

Fazer lanchinhos entre as refeições principais garante que você mantenha a saciedade e não deixa o metabolismo desacelerar. As frutas são práticas para levar na bolsa e matam aquela vontade de comer um docinho no meio da tarde. E o ideal é consumir uma fruta diferente a cada dia para que sua dieta a não fique monótona. Iogurte, leite fermentado e queijo processado também podem ser consumidos, mas escolha sempre a versão light. 

Algumas pessoas têm o hábito de jantar muito tarde. Se esse é o seu caso, saiba que isso pode atrapalhar a sua dieta. O melhor é jantar pelo menos três horas antes de se deitar, pois isso dará tempo para o organismo metabolizar as calorias ingeridas à noite.

• Caso sinta fome antes de dormir, uma boa dica é tomar um chá, mas assim como no café, tome cuidado com a quantidade de açúcar. 

• Uma dica muito boa é nunca sair de casa sem comer. Mesmo que vá a um restaurante ou um churrasco no fim de semana, tente comer antes uma salada ou um sanduíche natural pequeno. 

• Iogurte desnatado acrescido de granola é uma boa opção pra quem precisa de energia antes de alguma atividade física, por exemplo. Barrinhas de cereais também são uma opção alternativa – mas fuja daquelas com chocolate! Outras opções são as frutas secas e oleaginosas, como amêndoas, pistache, castanhas, nozes, damasco seco e uva passa. Porém , fique atento às quantidades. Por serem fontes de gorduras mono e poliinsaturadas (benéficas ao organismo), contribuem com uma grande quantidade calórica.

• Cuidado com as bebidas alcoólicas, elas geralmente contêm muitas calorias, principalmente as preparadas com destilados e que levam açúcar, como a caipirinha.
Mas uma boa notícia para quem não abre mão dos bons drinks: uma lata de cerveja contem 151 calorias e uma taça de vinho contém 107 calorias. Ou seja, são opções para aquela noite com os amigos ou o jantar com o namorado. Mas, como tudo nessa vida, vale lembrar, precia ser consumido com moderação.

E ai, deu vontade de seguir?

Beijos,

Douglas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s