Ops, rasgou! – by Camila Brasil

Em red carpets a coisa mais comum de se ver são fotos com essa acima, da atriz Sofia Vergara linda, superproduzida, num vestido Zuhair Murad. As atrizes montam produções incríveis para essa noite, seja Oscar, Emmy, Globo de Ouro ou VMA, porque sabem que todos estarão de olho nelas e reparando no que estão vestindo.

Mas fotos como essa abaixo, são raras de se ver:

Essa é a mesma Sofia Vergara, com o mesmo vestido deslumbrante de Zuhair Murad, no mesmo Emmy, só que com o fecho arrebentado. O fato aconteceu 20 minutos antes dela entrar no palco com seus colegas do seriado Modern Family para receber o prêmio de melhor comédia do ano. Prontamente uma costureira ajudou a atriz, que pôde receber o prêmio tranquila, postar a foto em seu Twitter fazendo uma piadinha e virar capa de todos os sites de fofoca possíveis e imagináveis no dia seguinte.

Não comentarei o fato de o vestido provavelmente valer uma fortuna. Ou então de ele estar justo demais. Mas sim, de que nenhuma (ou nenhum) de nós está livre desse mal. Isso acontece quando resolvemos vestir aquele vestidinho um número menor, na esperança de que sirva, sabe? Ou então, quando queremos ajustar demais uma parte da peça, para delinear bem o corpo, e fazemos um movimento brusco.

Talvez eu devesse retomar o post da Gabi, sobre a necessidade de escolhermos a roupa certa, para o momento certo e afins. Mas prefiro falar sobre a prova das roupas. Na época em que eu era modelo, antes de desfilar, tinha um hábito: provava a roupa e sentia até onde poderia ir com os movimentos naquela roupa. Se ele me limitava, na hora da passarela, sabia que não poderia fazer nada muito “intenso”, pois ele rasgaria na passarela, como vi acontecer com algumas colegas.

E por que não fazer o mesmo na vida real? Enquanto o vestido ainda está na costureira, ou você vai prová-lo na loja, veja até onde você pode ir com ele. Se pretende dançar, erga uma perna. Se quer andar a passos largos, tente fazer isso lá mesmo. É melhor que aconteça alguma coisa com ele nesses ambientes, onde você terá tempo de mandar arrumar qualquer falha, ou escolher outro modelo, que se adapte a sua necessidade.

Eu indico isso, ou então, ter uma costureira a postos a cada noite!

Beijo!

Camila

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s