Os óculos velhos da minha vó – by Douglas Petry

Comecei a montar minha coleção de óculos há pouco tempo. Primeiro desejei comprar um para usar de frescura. Depois, descobri que precisava mesmo das tais lentes de descanso, pois passava muito tempo em frente ao computador (maldita vida de jornalista).

Comecei a buscar as armações com cara retrô. Poucas me agradaram. E as que agradaram, mas nem tanto, eram caras. Essa é uma moda que eu tenho quase certeza de que será passageira. E se não for, eu vou enjoar rápido.

Até que um dia lembrei que comprei pares de óculos de sol vintage em uma ótica da minha cidade. Fui lá. Mas por serem antigos, os modelos eram vendidos e não tinham reposição. Quando comprei, no começo do ano, investi em dois pares. Um é meu companheiro inseparável como solar, mas o outro usava pouco. Resolvi transformar esse segundo em meu óculos de grau.

Queria mais um, mas não queria gastar mais. Foi daí que resolvi revirar as gavetas da minha avó. Por sorte ela é daquelas que guardam tudo, pensando que um dia poderá vir a precisar. E lá estava ele, o primeiro par de óculos dela, comprados nos anos 70. Não consigo nem explicar a felicidade que eu senti ao encontrar aqueles óculos.

Agora eles são meus (tanto que já tirei a foto desse post com eles). Só falta trocar as lentes para as que eu necessito e ser feliz. Mas já estou com vontade de ter pelo menos mais um. Mas isso vem com o tempo!

Beijos,

Douglas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s