O casaco de 3 mil horas by Gabriela de Oliveira

Existem coisas no mundo da moda que impressionam. E existem coisas na alta-costura que impressionam e encantam. No último desfile Couture da Chanel foi apresentado um vestido feito de tweed, longo, sem mangas. O que impressiona nessa história? Ele levou três mil horas para ser feito.

Segundo o estilista Karl Largerfeld, esse tweed não é tweed (se fosse, a peça poderia ser considerada pret-à-porter), que não é um tecido que se compra a metro para cortar e fazer a peça, e que ele é bordado e feito à mão. O The Telegraph calculou, levando em consideração que as artesãs da grife, chamadas de Petites Mains, e consideradas as mais hábeis do mundo, trabalham oito horas por dia, elas levaram 375 dias para fazer apenas esse casaco, que custa pelo menos cinco dígitos.

Vale lembrar (ou informar para quem não sabe), que existe uma série de exigências da Chambre Syndicale Paris Haute Couture (Câmara Sindical da Alta-Costura de Paris), para que uma grife seja chamada de maison e possa desfilar alta-costura. Entre elas está ter uma equipe de artesãs que faça tudo à mão, ou seja, máquinas são proíbidas no processo.

Por isso que vemos resultados tão encantadores.

Beijos,

Gabi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s