INVERNO 2012: Fashion Rio, dia 3

O terceiro dia da temporada de moda carioca teve grife estreante, outra comemorando seus 21 anos, o primeiro desfile exclusivo de acessórios da temporada e marcas registradas do Fashion Rio.

Bianca Marques se inspirou no universo do balé, principalmente da bailarina Ana Botafogo para seu debut no Fashion Rio. A coleção teve formas alongadas e esvoaçantes, ao mesmo tempo que contou com peças curtas e mais justas.
Os tules, organzas, veludos, rendas, cetins e tricôs apareceram em preto, branco, cinza e nude.

A Maria Bonita Extra, para comemorar seus 21 anos, usou muitas cores primárias, como o verde, azul e vermelho, com alguns momentos mais claros. O novo momento da marca tem um coletivo de estilistas que assina a coleção, ao invés de apenas um responsável.

Numa revisita às estampas do passado, desenhos e padrões abstratos foram usados. As organzas, musselines de seda, tafetás e tricôs ganharam modelagens que representam os balonês e tutus em um modo inovado, mais elegante, não tão armados. Na minha opinião, o desfile mais bonito do dia.

A única marca exclusiva de acessórios da temporada de moda nacional, a New Order, se inspirou na aviação e no futurismo dos anos 60. O futuro foi representado por muitos materiais transparetes e metálicos. As aeromoças surgiram com laranja, marinho, rosa, fluo, verde, marrom e off-white.

As bolsas ganharam formas inspiradas em aviões e objetos usados no serviço de bordo, como latas de refrigerante, passaportes, frasqueiras e travesseiros. Os sapatos, com a cara do futuro sessentista, tinham os bicos quadrados, cano baixo e plataformas prateadas. Além disso, surgiram modelos inspirados nos creepers, moda resgatada recentemente pela Prada.

O uso de materiais foi abusou dos efeitos espelhados, vindos do verniz, dos metalizados e do plástico transparente. Além disso, neoprene, drylex e acrílico apareceram.

A Espaço Fashion, comandada pela estilista Camila Bastos, surgiu com pretos, brancos, cinzas, azuis, verdes e dourados.

A inspiração foi a arquitetura e os relevos cariocas fotografados pelo Instagram, por isso, estampas tinham as calçadas e paisagens do Rio de Janeiro.

Os vestidos retos, calças secas, jaquetas, coletes e tops alongados e fluidos eram feitos de seda, veludo lavado, musseline e crepe de seda, couro metalizado e escamado, tricô, jacquard de seda, lurex e aplicações de veludo.
Para encerrar a noite, a Coca Cola Clothing – que nós achamos fraca -, inspirada nas roupas de astronautas e comandada por Thais Rosset, levou formas volumosas e estruturadas para a passarela.

As cores prata, branco, nude e tons fluos de amarelo e laranja pontuavam as peças feitas de látex, tela, couro e lã.


Amanhã temos o penúltimo dia de desfilesda temporada de moda carioca.

Beijos,

Gabi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s