INVERNO 2012 – Fashion Rio, dia 2

No segundo dia da temporada de inverno 2012 do Fashion Rio, percebemos que o jeans wear brasileiro está se renovando. Hoje, duas marcas que tem o denim como principal matéria prima desfilaram, a 2nd Floor e a TNG.

Fora isso – e bem mais encantadores e criadores de sonhos e desejos -, tivemos a Coven e Melk Z-Da, que nos fizeram pirar nas cadeiras das salas de desfiles.
Confira o que rolou nos desfiles do dia.

O dia começou com a grife 2nd Floor (para quem ainda não sabe, é a segunda linha da Ellus), que comandada por Thiago Marcon, veio inspirada nas florestas, nos animais e nas imagens lúdicas do Robin Hood. Por isso, a passarela foi tomada de verdes e vermelhos que iam dos cítricos aos escuros.

O jeans wear, carro chefe da marca, vinha em tom de denim, assim como as lãs, que ora lembravam tweed. A coleção contou com muitas peles sintéticas, couro que imitava crocodilo, tricês, algodão, seda, moletom e nylon. Todos esses materiais ajudaram a dar uma cara nova ao brim da marca.

Os contornos das roupas eram clássicos e fluídos, com volume nas aplicações e peças inteiras de imitação de pelo, que foram minhas pelas desejo da coleção.
Na sequência, a Coven veio inspirada na sabedoria milenar da civilização Maia e o trabalho artesanal da cidade de Antigua, na Guatemala, misturados à história da marca e desejos contemporâneos.

A estilista Liliane Rebehy levou á passarela calças mais justas, com a barra um pouco mais comprida e aberta, vestidos curtos e largos, e uma silhueta seca na maior parte dos looks. Os tons eram de verde musgo, camelo e preto com pontos de rosa ou berde vibrantes.

Marcados por estampas e texturas, os tecidos simulavam a textura do gorgurão dos teares maias. Além disso, foi muito usado o jacquard floral com tecnologia do tricô para imitar bordados feitos à mão.

Inspirado nas bonecas de barro, Melk Z-Da levou para a passarela um mix de estruturados com fluidos, cortes diversos em vestidos longos, saias acima dos joelhos, mini jaquetas e muitas fendas, abas e camadas.

A cartela de cores tinha rosa pálido, branco envelhecido e caramelo. Para criar a coleção que mais nos fez desejar as peças da noite, Melk usou algodão natural resinado, tecidos sintéticos decorados com apliques de miçangas e pérolas, além de alguns apliques feitos em cerâmica. Na minha opinião, a melhor linha da noite foi a dele.

A TNG, comandada por Tito Bessa Jr., assumiu mais uma vez o que mais sabe fazer: jeans. Com a inspiração na harmonia entre a cidade e o campo, a grife apostou numa mistura de longos e curtos para elas e calças slim mais curtas ou dobradas para eles.

Godês e babados deram volume aos looks femininos e peças volumosas em tricô com fios pesados deram o efeito para eles também.

O denim e os tons terrosos dominaram a cartela de cores. A principal matéria prima da marca, o jeans, apareceu eco-friendly, 100% reciclado. Além disso, apareceu um mix de tecidos, tricôs, moletons, malhas que imitavam denim e algodão de alfaiataria.

Amanhã tem mais!

Beijos,

Gabi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s