We ♥ : Très slow chic

Em uma época em que tudo é fast, viver o conceito slow parece ser complicado. No entanto, ele demonstra estar mais em alta do que nunca. Primeiro, na Itália, surgiu o slow food, que incentiva as pessoas a apreciarem a comida com calma, curtindo desde a beleza do prato até todos os gostos que o paladar puder sentir.

Nos Estados Unidos, um grupo incentiva o slow read. Estes, lêem o livro de cabo a rabo. Nada fica para trás. E eles fazem isso devagar, com calma, para que a leitura fixe em suas mentes.

Na França – e onde mais seria? – surgiu o movimento do slow chic. Ele denota a parisiense perfeita, complicada de existir, mas possível de ser identificada. Talvez a principal teoria para isso venha lá dos anos 30, quando Coco Chanel disse “A girl must be two things: classy and fabolous.”

O livro La Parisienne, escrito pela filha de um marquês com uma Légion d’Hounneur, designer, ex-modelo de passarela, musa da Chanel há 20 anos atrás, atual “rosto” da L’Oreal, business woman e consultora de imagem da Roger Vivier, que já vendeu mais de 100 mil cópias, mostra que ser uma parisiense vai além de dress codes.

Para ela, ser uma parisiense é um estado de espírito, um sentido de liberdade. A mulher de Paris é uma mistura de épocas, pessoas e modas. Ela conhece, acima de tudo, seu próprio corpo e não é uma fashion victim. Aliás, ela não é vítima de nada. É frívola, insolente e profunda.

A parisense de Inès é uma mistura de Brigitte Bardot com Simone de Beauvoir. Ela ignora tendências, mas sempre usa um detalhes que mostra que está antenada com a moda.

Acima de tudo, ela não fica presa aos 30 quando está com 50 anos e jamais se achará demodée.

O livro, que tem ilustrações da própria Inès e fotos de sua filha Nine, que parece a autora no começo da carreira, aos 17 anos, é feito com base em seis pontos, que são chamados de “o DNA da mulher francesa”.

São eles:

1 – Evite o total look

Saiba misturar grifes, estilos, décadas. Uma parisiense antenada sabe que nada fica para trás.

Nisso se inclui o “nunca jogue nada fora”. Além da moda ser um ciclo, saber misturar a it bag passada com o look do momento sem fazer isso parecer boring.

2 – Seja antibling

A verdadeira mulher francesa não tem a necessidade de parecer rica. Ela não ostenta jóias nem vestidos de alta-costura.

Para ela, o melhor look não precisa ser o mais caro, apenas ter boa qualidade e beleza.

3- Descubra novas grifes

La Parisienne é acessivel e aberta ao novo. A criatividade é seu forte e ela sabe, facilmente, misturar uma peça cara, de grife famosa, com outras mais baratas, de marcas não tão, ou nada conhecidas.

4- Nunca ache o que você está vestindo “demais”

Achar que o salto está alto demais, a saia curta demais ou o vestido justo demais não é nada parisiense.

Ter segurança e conhecer o próprio corpo são ferramentas essenciais para a elegância.

5- Ignore ídolos

Seu ícone de estilo não precisa ser uma estilista ou artista famosa. Ele não precisa ser sempre o mesmo.

A inspiração pode vir de sua mãe, sua avó ou sua amiga desconhecida. O que importa é que você se identifique com ela.

6- Desconfie do “bom gosto”

Quebrar paradigmas é uma constante para a legítima mulher francesa. O que seria da combinação preto e marinho se não fosse Yves Saint Laurent unir as duas cores?

Ela gosta de emancipar seus gostos e quebrar as regras da moda, virando o erro a seu favor.

Pode não existir uma regra exata, mas com La Parisienne você chega um pouco mais perto da mulher francesa ideal e se aproxima do novo slow, o de não perder a elegância nunca – e gostar disso.

Beijos e abraços,

Douglas e Gabriela


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s