O testamento de Alexander McQueen

Foi divulgado hoje o testamento do estilista britânico Alexander McQueen. Ele, que se suicidou em 11 de fevereiro de 2010, aos 40 anos, tinha uma fortuna de 16 milhões de libras, aproximadamente 40,2 milhões de reais. Grande parte do dinheiro foi destinado a ONGs e ações beneficentes.

A associação dedicada à prevenção da aids The Terrence Higgins Trust, um lar para gatos e cachorros abandonados e o centro budista de Londres receberam 100 mil libras (R$ 251,7 mil) cada uma. A organização beneficente Sarabande, fundada por ele e que leva o nome de sua coleção de Primavera/Verão de 2007, que oferece bolsas de estudos a estudantes da escola de design Central St Martins, onde estudou, também recebeu uma parte da herança.

Marlene e César García, o casal que cuidava de sua casa, por um “longo e fiel serviço”, segundo o próprio estilista, receberão 50 mil libras.

Entre os membros de sua família beneficiados em seu testamento estão seus irmãos, seu afilhado e todos seus sobrinhos, que receberão quantidades que variam entre 50 mil libras e 250 mil libras (entre R$ 125,9 mil e R$ 629,6 mil).

Seus cachorros ainda receberam 50 mil libras. No testamento, McQueen pedia desculpas pelo ato, mas precisava fazê-lo para garantir que eles fossem bem cuidados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s