E a Daslu, hein?

A marca 284, uma espécie de filhote da Daslu, está envolvida em uma polêmica envolvendo a Hermés.

O que acontece é que a marca brasileira fez “reproduções” bolsa Birkin (febre do momento) em moletom. Desde sexta-feira a 284 está proíbida de produzir, importar, exportar, manter em depósito e comercializar as bolsas do modelo.

O juiz João Omar Maçura entendeu que a bolsa é uma réplica do prestigiado modelo da marca francesa, diferenciado apenas pelo material de produção.

Segundo o despacho do Magistrado “Ao copiar um design criativo distintivo e fazer referências à bolsa ‘Birkin’ original, beneficia-se a autora reconvinda [a 284] do design e dos investimentos feito pela ré reconvinte [Hermés] na divulgação da bolsa, e prejudica-se a reputação da ré reconvinte [Hermés] de fornecer um produto exclusivo, voltado para um segmento de mercado altamente especializado”.

Caso o veredito não seja cumprido, a Daslu terá de pagar R$ 10 mil por dia, com o limite de R$ 1 milhão. Por enquanto trata-se de uma liminar. Portanto, pode ser revertida até o fim do processo, que ainda está correndo.

Quem foi na loja na quinta-feira, dia 21, se surpreendeu ao deparar-se com a bolsa, que orginalmente custava R$ 399, por R$ 120. As unidades que restaram foram recolhidos ao final do dia.

Os modelos da nova coleção, em cores diferentes e pele de carneiro no interior, inclusive as compradas por fornecedores, não entrarão em circulação.

Vale lembrar que recentemente a Daslu esteve envolvidas em várias polêmicas, como a prisão de sua dona por sonegação fiscal e a venda de sua marca, que se arrastou por vários dias.

 

Postado por: Douglas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s