Juíza autoriza casamento Gay

Uma juíza autorizou o primeiro casamento gay de Buenos Aires.

Em 28 de dezembro de 2009, Alex Freyre e José María Di Bello, casaram na cidade de Ushuia, interior da Argentina. Esse foi o primeiro casamento gay do país.Pouco tempo depois outro casal tentou se casar em Buenos Aires, porém, não foi autorizado. Os dois acabaram se casando em Ushuia também.

Mas esse ano, um casal não identificado, conseguiu realizar o casamento na capital argentina.

A juíza Elena Liberatori aceitou o pedido do casal e ordenou que o Registro Civil agilize um horário para organizar a cerimônia e concretizar a união.

Segundo María Rachid, presidente da Federação Argentina de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transsexuais, nos próximos meses novas autorizações para casamentos gay devem ser dadas, afinal, mais de 60 pedidos já foram registrados.

Segundo María, a juíza levou em consideração que não há impedimento legal para que o casamento gay aconteça, pois no Código Civil não está escrito que gays não podem contrair uma união.

Ainda esse ano o congresso da Argentina vai debater vários projetos de lei que propõe a modificação do código para que autorize o casamento independente da orientação sexual.

TEXTO: Douglas Petry

FOTO: Reprodução

Site It, sempre muita novidade!

Anúncios

Um comentário sobre “Juíza autoriza casamento Gay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s