Gordinha sim… E feliz, também!

Preta Gil: Eu sou muito mais feliz do jeito que sou hoje!

“Eu sou muito mais feliz do jeito que sou hoje. Só Deus sabe o quanto sofri pra ficar magra daquele jeito, não era de verdade, tomei remédio e fiz lipo. Pesava 52 kg. Hoje, tenho 80 kg e sou mais feliz.” Esse desabafo foi feito pela cantora Preta Gil em seu Twitter ao comentar sobre a ditadura da beleza que tomou conta da vida das mulheres.

Preta se assumiu gordinha e feliz. Não é por menos! Só quem já fez várias dietas, passou por diversos procedimentos e se matou numa academia pra perder alguns quilinhos, sabe como a missão de emagrecer é sofrida.

Por isso, muitas vezes é importante fazer como a cantora, que aceitou sua forma física, elevou sua estima e hoje é feliz com o corpo que tem.

E Preta Gil não está sozinha no grupo de celebridades que levam seus quilinhos a mais numa boa.

A americana Beth Ditto se tornou um sinônimo de gordinha fashion e descolada.

Beth Ditto, uma gordinha fashionista

Além de cantora, Beth também faz sucesso criando roupas para a marca Evans, que faz moda para meninas GG, assim como ela.

Beth mantém seu estilo próprio, não se preocupa com seu excesso de peso e usa roupas que seriam consideradas um absurdo para uma mulher acima do peso. Para entender: a fashionista abusa de cores e brilhos. Estes ajudam a compor seu estilo “ridicool“, como ela mesma define.

Já faz tempo que Ditto é sucesso no mundo da moda. Com muitos amigos estilistas e modelos, a cantora já estrelou diversos editoriais e foi capa de uma das revistas de moda mais badaladas e cools da atualidade.

Outra que também causa furor no mundo da moda internacional é uma modelo GG, e ela é brasileira.

Fluvia Lacerda estrela a campanha da marca americana Igigi, que, assim como a Evans, produz roupas para gordinhas.

A campanha estrelada pela modelo criou polêmica, afinal, seu slogan “So Go Ahead, Call Me Fat” (Vá em frente, me chame de gorda!), é impactante.

Fluvia Lacerda é brasileira, modelo plus size e deu o que falar nos EUA.

O filme de um minuto e meio, intitulado “16” (que no Brasil é o equivalente ao manequim 46), mostra Fluvia fazendo caras e bocas, com orgulho de seu corpo e curvas generosas.

A grife tem como idéia criar uma sequência para a campanha, mostrando Fluvia se preparando para as mais diversas situações do dia a dia, escolhendo a roupa para trabalhar, até um encontro romântico.

Esses três exemplos nos fazem no mínimo pensar se realmente é necessário ser magérrima para estar bem e feliz.

Claro que deve haver o cuidado com a saúde, porém, será que há a necessidade de cometer loucuras para ter o corpo em forma?

Vale a reflexão!

TEXTO: Douglas Petry

FOTOS: Divulgação

Anúncios

5 comentários sobre “Gordinha sim… E feliz, também!

  1. Flúvia!!
    Preciso contato com vc, me responda por email..
    VC é maravilhosa meninaaaaa…
    quero ter essa dorça q vc tem e por chegar longe tbm!! Sou GG tbm e me considero muito bonita.

    Se puderes me dar dicas, aguardo um retorno…
    Parabens sua linda.
    Beijos Cláudia de Santa catarina

  2. FLUVIA, ADORARIA SE VOCE FOSSE MINHA VIZINHA E NÃO FOSSE FAMOSA, ASSIM TERIA ALGUMA CHANCE COM VOCE. TE FARIA SUPER FELIZ, DARÍAMOS MUITAS RIZADAS, MAS ISSO É ILUSÃO E COM CERTESA JÁ DEVE TER ALGUEM QUE TE FAZ FELIZ. PARABÉNS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s